setembro 24, 2016

Nossa História

ESTA É A NOSSA HISTÓRIA (COMO TUDO COMEÇOU)

 

Nossa história é linda como todas as histórias de amor e sucesso. Para contarmos tudo e como chegamos até aqui, se faz necessário voltarmos no tempo.

Como se fosse ontem, recordamos os primeiros passos para atingir o objetivo. Aprendemos a nossa missão com a Fraternidade Espírita Eurípedes Barsanulfo, situada no bairro de Artur Alvim em São Paulo. Desta casa espírita saímos para fundar a nossa, o A Caminho da Luz no dia 6 de novembro de 1983.

Foram muitos os que seguiram com o nosso orientador e mestre, Sr. Irineo Calderini. No caminho da construção fomos amparados pelo Centro Espírita Unidos na Fé - situado próximo a nossa sede, na Vila Talarico – que nos cedeu um abençoado espaço de trabalho, enquanto não tínhamos uma sede para ancorarmos nosso barco. Foram muitas as tarefas e uma luta árdua para atingirmos nosso objetivo: trabalho, estudo, promoções e, o alicerce de tudo isso, a fé!

Nosso departamento de Assistência Social sempre atendendo a comunidade carente ao nosso redor – esse trabalho sempre foi nosso objetivo de trazer para a comunidade local a promoção do indivíduo e, com ele, a dignidade que é a base principal de qualquer pessoa.

O estudo e a formação dos trabalhadores foi fundamentado em Allan Kardec e aplicado por professores trazidos da FEESP - Federação Espírita do Estado de São Paulo. A formação da primeira diretoria contava com trabalhadores experientes, vindos da FEESP que deixaram um inestimável legado que foi a base da estrutura e regulamentação de nossa casa.

Nossos objetivos estão bem claros em nosso estatuto que estabelece e regulamenta as funcionalidades e o regimento de nossa casa. As instalações acompanharam a evolução dos trabalhos desenvolvidos na instituição. Nossa sede principal tem como objetivo educar e divulgar o espiritismo, promovendo cursos e palestras, criando oportunidades de serviço através do nosso departamento de Assistência Social na Unidade Clarinda Moreira Dalle Vedove que atende as famílias carentes da região, trabalhando na promoção e serviço social. Assim, identificamos a necessidade de aproximação da comunidade carente junto a Escolinha do Bem – Posto de Assistência Paulo Roberto de Farias, que atende crianças entre 4 e 12 anos, todos os domingos pela manhã.

O trabalho é incessante. Muitas atividades ainda estão sendo desenvolvidas e continuaremos a ensinar e aprender sempre, rumo ao nosso aperfeiçoamento moral e espiritual.

Fora da caridade não há salvação!

Este texto contou com a colaboração fraterna de nosso colaborador Antônio Lobo de Mesquita Júnior

Facebook
Facebook